terça-feira, 30 de novembro de 2010

MUNDO DE DEPENDÊNCIAS

Uma das maiores dores da cidade do Rio de Janeiro é o tráfico de drogas. Como moro em uma favela, a conhecida Favela da Maré, consigo presenciar esse fato com maior facilidade. Todos os dias, ao sair de casa (mais ou menos por volta das 5h50min), me deparo com muitas pessoas vendendo crack, maconha, cocaína... chega a ser deprimente. Na maioria das vezes, os ‘vendedores’ ficam armados, conversando nos seus rádios transmissores sobre as vendas enquanto as pessoas passam por eles com uma expressão assustada.


Gisele Araújo de Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário