sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Central: Segurança ou Risco?

A Central do Brasil é um lugar conhecido e onde muitas pessoas passam diariamente, mas é muito comum ficar deserta quando não está no horário comercial e de trabalho, principalmente sábados e domingos. Lá, tem alguns usuários de drogas, mendigos ou pivetes e, nessas ocasiões, bandidos aproveitam para assaltar algumas pessoas que passam, principalmente nos lugares mais vazios.

Passo por lá diariamente e fui assaltada duas vezes no início do ano e não me sinto segura, sempre fico com medo, mesmo sendo em horário em que as pessoas estão indo ou voltando do seu trabalho. Deveria ter mais policiamento nessa região, lá é perigoso e coisas graves acontecem e ainda podem acontecer.



Ana Carolina Nery

Um comentário:

  1. Em todo lugar pode ocorrer assaltos, mas existem alguns fatores que dão possibilidade desse ato ocorrer com mais frequência. E um dos principais fatores é a falta de policiamento, que é o que ocorre na Central do Brasil.
    Andar neste local e saber que a qualquer momento pode ser assaltado é um sentimento muito ruim. Você não pode ter a tranquilidade que gostaria de ter. Pelo fato de ter alguns usuários de drogas, mendigos ou pivetes, o medo aumenta ao passar nestes locais. De acordo com a Prefeitura o número de moradores de rua aumentou em um ano cerca de 40% é um desconforto muito grande.

    Ajuda por telefone:
    A prefeitura informou que os moradores de rua que quiserem buscar ajuda podem ligar para (21) 3973-3800 ou, ainda, a cobrar para o celular (21) 9923-0966. Estes telefones também podem ser usados para denunciar a exploração de crianças nas ruas ou em sinais de trânsito pela cidade.

    Portal da Prefeitura:
    http://www.rio.rj.gov.br/web/guest/exibeconteudo?article-id=156475

    Amanda Julião
    Gracielly Sampaio
    Kyanna Musa

    ResponderExcluir